Você já conhece a livraria Antonio Gramsci?

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

CARTAZ-LIVRARIA

Se não conhece, não sabe o que está perdendo! Especializada em marxismo, comunicação e lutas dos trabalhadores, a livraria do NPC tem atraído cada vez mais militantes. Nas prateleiras estão clássicos como Marx, Lênin, Rosa Luxemburgo e, claro, Gramsci e seus intérpretes. Além das obras clássicas do pensamento marxista e da esquerda mundial, a livraria também privilegia temas como história, educação, sociologia, cidade, cultura, movimentos sociais, sindicalismo e mulheres.Professores e estudantes de licenciatura têm 10% de desconto. A coordenadora do NPC e da livraria, Claudia Santiago, explica que a loja surgiu da paixão pela leitura e pela divulgação de ideias. “Esse espaço é uma peça do grande mosaico de instrumentos da esquerda para a construção de um mundo para todos”, explica a jornalista. No ano passado, a livraria realizou o projeto “Quintas Resistentes” e recebeu militantes que falaram sobre as diversas formas de luta e resistência à ditadura civil-militar brasileira. As entrevistas foram transmitidas ao vivo pela internet. A livraria também realizou diversos lançamentos, entre eles o do escritor português Luís Leiria, “O inferno de outro mundo”, o de Rodrigo Castelo e “História da Polop”, de Leovevilgo Pereira Leal. A Livraria Antonio Gramsci fica na Cinelândia. Venha fazer uma visita! Clique aqui para saber mais.
Lançamentos e entrevistas
Mesmo localizada em um ponto discreto do hall do prédio onde funciona o Teatro Dulcina, na Cinelândia, a Livraria Antonio Gramsci já é conhecida por muitos estudantes de licenciatura e professores, que recebem desconto de 10% nas compras. Os lançamentos realizados durante o ano de 2013 também têm trazido novos clientes e frequentadores.
Em setembro, por exemplo, a Livraria Antonio Gramsci recebeu o escritor português Luís Leiria para o lançamento de seu livro de contos “O inferno de outro mundo” (Ed. Sundermann). Em dezembro foi lançado o livro “O Social-liberalismo – Auge e crise da supremacia burguesa na era neoliberal”, do professor da Uni-Rio, Rodrigo Castelo. Também já foram lançados na Antonio Gramsci os livros “História da Polop: a alternativa marxista ao reformismo na esquerda brasileira”, de Leovevilgo Pereira Leal; “Novo Sindicalismo No Brasil – Histórico de Uma Desconstrução”, de Teones França; e “Jornalismo na correnteza: senso comum e autonomia na prática jornalística”, de Ana Lúcia Vaz.
Outro projeto realizado na livraria Antonio Gramsci foi o “Quintas Resistentes”, que aconteceu entre julho e setembro do ano passado. Dez militantes falaram sobre as diversas formas de luta e resistência que viveram no período da ditadura civil-militar brasileira, entre eles Cid Benjamin, Cecília Coimbra e Victoria Grabois. As entrevistas foram feitas por uma equipe de jornalistas, militantes e professores que a cada semana comandaram o bate-papo, sempre transmitido ao vivo pela internet no site do NPC.

Endereço: Rua Alcindo Guanabara, 17, térreo, Cinelândia, Rio de Janeiro (rua do bar Amarelinho).
Funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 10h às 19h.
Contatos: (21) 2220-4623 | [email protected]
Site: http://livrariagramsci.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/livraria.a.gramsci
Newsletter: Quer receber um boletim semanal com as dicas e novidades da Livraria Antonio Gramsci? Basta mandar um e-mail para [email protected] e solicitar inscrição na mala direta!