Trabalhadores podem enviar depoimentos sobre assédio moral para engenheira Eugênia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Com a crescente repercussão da personagem em quadrinhos, Eugênia, os trabalhadores poderão enviar depoimentos sobre assédio moral e outras práticas abusivas, que acontecem tanto no mercado de trabalho como no próprio lar. Mesmo com avanços, a engenharia é uma área predominantemente masculina, inserida num modelo patriarcal de sociedade. Diante de inúmeras denúncias recebidas nos sindicatos e a necessidade de visibilizar práticas de violência de maneira didática, o Coletivo de Mulheres da Fisenge lançou a série em quadrinhos “Histórias de Eugênia: mulher, mãe e engenheira”. “Eugênia surge para romper padrões impostos pela sociedade capitalista. A personagem foi pensada e criada com o objetivo de denunciar as práticas de violência no trabalho e no lar, e também para questionar o modelo de beleza imposto pela grande mídia. Acreditamos que esta é uma construção coletiva e queremos aproximar Eugênia de nossas bases e da sociedade”, explicou a diretora da mulher Simone Baía.

Os quadrinhos terão periodicidade mensal, lançados todo dia 15 no boletim do Coletivo de Mulheres da Fisenge.
As contribuições poderão ser enviadas diretamente para o e-mail da engenheira Eugênia: [email protected] ou para [email protected]


Será mantido total sigilo de fonte de todos os depoimentos e de todas as histórias enviadas.