Senge-PR recebe curso sobre Coordenação de Proteção e Seletividade em Instalações Elétricas Industriais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

A formação será ministrada pelo engenheiro eletricista Victor Luiz Merlin; Sócio Senge-PR tem desconto

clouds-conductor-current-189524

Nos dias 21, 22 e 23 de outubro, o Senge-PR, em parceira com a Associação Paranaense de Engenheiros Eletricistas (APEE), a UniBrasil e a Engenheiros Associados (EA), oferece o curso “Coordenação de Proteção e Seletividade em Instalações Elétricas Industriais”.

Voltado para profissionais que trabalham com projeto, instalação e manutenção de sistemas elétricos industriais, professores e estudantes de engenharia elétrica, o curso pretende apresentar os principais conceitos de um sistema de coordenação de proteção de sistemas elétricos industriais, avaliar projetos de coordenação e seletividade e apresentar as metodologias para o cálculo de corrente de curto-circuito.

A formação será ministrada pelo engenheiro eletricista Victor Luiz Merlin, diretor Técnico da EA – Engenheiros Associados, atuante na área de proteção, qualidade de energia e comissionamento de sistemas elétricos industriais; graduado em Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrotécnica pelo CEFET-PR em 2001, e mestre em Energia com ênfase em Tecnologia, Engenharia e Modelagem pela Universidade Federal do ABC – São Paulo.

Sócios do Senge-PR têm desconto!

Confira abaixo todas as informações sobre a formação:

Data e horário

21; 22 e 23 de outubro de 2019, das 9h00 às 18h00

Local

Sindicato dos Engenheiros do Paraná – SENGE-PR – Rua Marechal Deodoro, 630 – Edifício Itália – sala 2201 – Centro – Curitiba – CEP 80010-010

Inscrições

Via site da UNIBRASIL

Informações sobre o conteúdo do curso

Eng. Victor Merlin (Instrutor) – (41) 98487-4042

[email protected]

Informações sobre inscrição

Fone: (41) 3361-4271

UniBrasil: [email protected]

Apresentação e objetivos do evento

Apresentar os principais conceitos de um sistema de coordenação de proteção de sistemas elétricos industriais; avaliar projetos de coordenação e seletividade e apresentar as metodologias para o cálculo de corrente de curto-circuito.

Justificativa do evento

Congregar os engenheiros eletricistas ou com titulações afins, com habilitação nas áreas de eletrotécnica, telecomunicações, computação, automação e outras áreas afins, bem como estudantes de quarto e quinto anos do curso de engenharia elétrica e afins; promovendo o desenvolvimento tecnológico e científico, a defesa e a representação dos seus interesses profissionais, atuando nos campos social, econômico e político-profissional.

Público-alvo

Profissionais que trabalham com projeto, instalação e manutenção de sistemas elétricos industriais; professores e estudantes de engenharia elétrica.

Ementa do curso

– Conceitos básicos;

– Principais dados para o cálculo de curto-circuito;

– Representação de componentes para cálculo de curto-circuito;

– Metodologias para cálculo de curto-circuito;

– Dimensionamento de Tcs e Tps para proteção;

– O que é coordenação e seletividade;

– Principais tipos de seletividade;

– Aplicação dos sistemas de proteção em transformadores; motores; subestações, etc.;

– Cálculo de energia incidente (ATPV) para dimensionamento de EPIs;

– Estudo de casos práticos.

Carga horária

Vinte e quatro horas-aula

Instrutor

Engº Victor Luiz Merlin

– Diretor Técnico da EA – Engenheiros Associados, atuante na área de proteção, qualidade de energia e comissionamento de sistemas elétricos industriais.

– Graduado em Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrotécnica pelo CEFET-PR em 2001.

– Mestrado em Energia com ênfase em Tecnologia, Engenharia e Modelagem pela Universidade Federal do ABC – São Paulo.

Valores das taxas de inscrição

R$584,00 para profissionais associados às Entidades Apoiadoras (APEE e SENGE-PR)

R$744,00 para profissionais com registro nos CREAs

R$930,00 para demais profissionais

Informações gerais

Será fornecido certificado de participação para todos que assistirem a pelo menos 20 horas-aula do total das 24 horas-aula do curso.

O curso em pauta só será efetivado caso o número de inscritos cubra as despesas do mesmo. Caso não se viabilize economicamente o referido curso, o mesmo será adiado ou cancelado a critério dos organizadores, e devolvido os valores pagos relativos à taxa de inscrição.

A participação neste curso não confere ao participante o acréscimo de atribuições profissionais abrangidas pelo Sistema Confea/Crea.

Esta será a oitava edição deste curso, sempre obtendo alto índice de satisfação por parte dos participantes.

 

Fonte: Senge-PR