Senge-BA realiza seminário sobre sistemas BRT e BRS de trânsito

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Não restam dúvidas que o aumento de carros em uma cidade que não possui planejamento urbano constitui-se em um dos principais desafios para o novo gestor municipal da cidade de Salvador. Pesquisas recentes evidenciaram que a frota de veículos na capital baiana aumentou 43% nos últimos 10 anos – o terceiro maior crescimento entre as cinco mais populosas cidades do país.

“Já debatemos os impactos da Lei Nacional de Mobilidade Urbana em Salvador e a implantação do sistema metroviário na cidade. Agora vamos mostrar como os sistemas estruturais de transporte – BRT e BRS – integram essa nova estrutura de mobilidade urbana no país, expondo os desafios políticos e técnicos para sua implantação e operação. O debate qualificado traz as principais experiências de cidades brasileiras, como o Rio de Janeiro”, explica o presidente do Senge-BA, engº civil Ubiratan Félix.

Para isso, no dia 13 de setembro de 2012, o Sindicato dos Engenheiros da Bahia (Senge-BA) realiza o Seminário Sistemas BRT e BRS: Planejamento, Implantação e Operação, de 16h às 22h, na Escola Politécnica da Ufba. A iniciativa integra o ciclo de palestras “Grandes debates da Engenharia e Tecnologia”, realizado em homenagem aos 75 anos de fundação do Senge BA.

O evento contará com importantes nomes da área: o presidente da Rio Bus, economista Lelis Teixeira, o subsecretário de Transporte do Rio de Janeiro, engºCarlos Maiolino, o representante do Programa BRT Brasil, engºMarcos Bicalho, o consultor especialista em Transportes Urbanos, engº Carlos Batinga, o coordenador de planejamento de transportes da SETIN, arqº Francisco Ulisses, e o coordenador nacional do Movimento pelo Direito aos Transporte Público de Qualidade, arqº Nazareno Stanislau Affonso.

As inscrições estão abertas e são gratuitas. A ficha de inscrição está disponível em www.sengeba.org.br e deve ser enviada preenchida para [email protected] Na entrada do evento, será pedida a doação voluntária de 2kg de alimentos não perecíveis para Campanha de Combate a Seca realizada pela União dos Municípios da Bahia – UPB.

Fonte: Senge-BA