Projeto Solares vence competição nacional de barcos movidos a energia solar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

O Projeto Solares, desenvolvido pela Ufes e que tem o apoio do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Espírito Santo (Senge-ES), foi o vencedor de dois prêmios da competição nacional de barcos movidos a energia solar, o Desafio Solar Brasil (DSB 2018), ocorrido em Búzios (Rio de Janeiro), entre os dias 10 e 16 de setembro. Com o tempo acumulado de 4h10m01s, o Solares levou o 1° lugar com o Barco Poente, na classe Catamarã, categoria inicial da disputa que conta com o maior número de embarcações. Já o segundo prêmio foi o de Melhor Oficina, com a apresentação para crianças do Ensino Fundamental do Projeto Girassol, que integra o Solares Social, área com ações voltadas para a comunidade.

O DSB é uma iniciativa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), por meio do Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social (Nides), realizada em parceria com a Prefeitura de Búzios. O evento busca promover o desenvolvimento de tecnologia e a popularização da cultura marítima, além da formação de jovens no uso de fontes alternativas de energia. O Desafio contou com 19 equipes de diversas instituições brasileiras.

Solares

O Solares é um projeto de extensão que possui uma equipe multidisciplinar coordenada pelo professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Ufes, Bruno Venturini Loureiro, com a participação de 29 estudantes dos cursos de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Comunicação Social. “O Solares tem como missão explorar as aplicações da energia solar e capacitar os membros e a comunidade”, afirma o diretor de Marketing e membro do projeto, Henrique Nascimento.

Henrique ressalta ainda que, para as próximas edições do DSB, o grupo pretende construir um barco monocasco para participar também da Categoria Livre e, posteriormente, disputar o Frisian Solar Challenge, na Holanda, competição que inspirou o Desafio Solar Brasil. “Como nosso projeto sempre quer trazer algo inovador e sempre queremos crescer, após construirmos o barco monocasco e participarmos do DSB na Categoria Livre, pretendemos futuramente levar o solares, o Espírito Santo e a Ufes para a Holanda”, planeja.

Para este ano, está prevista como parte do Projeto Solares a inauguração da Estação Solares, um quiosque alimentado por energia solar off-grid (que não está ligada à rede elétrica) e que poderá ser usado por alunos, professores, servidores e toda a comunidade. A estação ficará no Centro de Vivências, ao lado do Cine Metrópolis.

Mais informações podem ser encontradas na página do Projeto Solares no Facebook e no perfil do Instagram. Outros dados sobre o projeto também podem ser obtidos por meio do endereço eletrônico [email protected] .

Texto: Karla Silveira (estagiária de Comunicação Ufes)

Foto: Equipe Solares

Fonte: Senge ES