Núcleo Piratininga de Comunicação lança vaquinha online para manter atividades

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

O Núcleo Piratininga de Comunicação (NPC) lançou uma vaquinha online nesta semana para manter o funcionamento das suas atividades até o fim do ano. As doações na plataforma online podem ser feitas a partir de R$25. A meta da iniciativa é atingir R$ 25 mil, valor exato das despesas para os próximos meses.

O NPC é constituído por um grupo de comunicadores, jornalistas, professores universitários, artistas gráficos, ilustradores e fotógrafos que trabalham com o objetivo de melhorar a comunicação, tanto de movimentos comunitários ou populares, quanto de sindicatos e outros coletivos. 

Suas atividades se iniciaram há 29 anos e o acúmulo destas culminou na sua formalização jurídica em 1997, tornando-se uma organização civil sem fins lucrativos, com sede no Rio de Janeiro e atuação nacional. 

Ao longo do período de pandemia e de isolamento social, instaurado desde março de 2020, o NPC manteve suas atividades. Entre elas, o Curso de Comunicação Popular e o Curso Anual, desta vez em formato virtual, e o programa “Quintas Resistentes”, que fez uma entrevista histórica com o fotógrafo Januário Garcia, que faleceu poucos meses depois, em junho deste ano.

Outro destaque foi o “Diário da Pandemia na Periferia”, um site que reuniu uma série de matérias jornalísticas feitas por alunos, ex-alunos e colaboradores do NPC sobre os impactos da covid-19 na vida dos trabalhadores e favelas do Rio de Janeiro e outras cidades do Brasil. O Brasil de Fato RJ republicou grande parte das reportagens produzidas pelo Diário durante o ano de 2020.

Em 2021, o NPC lançou o projeto “6 e Meia no NPC”, um programa veiculado no YouTube e no Facebook da organização para falar de experiências de comunicação sindical. Além disso, há a previsão de lançamento do Almanaque da Comunicação Popular e Sindical nos próximos meses e a edição deste ano do Curso Anual.

“Por isso, queremos chamar você, amiga e amigo do Núcleo Piratininga de Comunicação, que entende a importância deste trabalho, sobretudo em um contexto de forte ataque aos movimentos populares, aos trabalhadores e favelas, a contribuir com a nossa vaquinha e assim superarmos mais este desafio que se coloca à nossa frente. Prestaremos conta de cada centavo”, diz o NPC em nota. 

Para mais informações sobre outras formas de ajudar é só entrar em contato pelo email [email protected]

Edição: Mariana Pitasse/ Brasil de Fato