Mulheres que ousam lutar, constroem o poder popular

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Abertas inscrições para a terceira turma do curso Promotoras Legais Populares de Curitiba e Região Metropolitana

O curso Promotoras Legais Populares, começa no próximo dia 5 de maio, de 2014, com 60 vagas voltadas especialmente para mulheres organizadas no meio popular, sindicatos e movimentos sociais.

O projeto teve inicio em Curitiba a partir da articulação de estudantes, militantes, sindicalistas, e tem como objetivo central a formação sobre o feminismo e os direitos das mulheres, para o fortalecimento das lutas nos diversos espaços de atuação. Surgiu da necessidade de enfrentar as situações de violência, exploração, discriminação e desigualdade sofridas pelas mulheres.

As Promotoras Legais Populares, existem em outros países da América Latina e em diversos estados e cidades do Brasil e, em Curitiba, o curso é realizado pela terceira vez. A proposta motora deste projeto são os cursos. Seu objetivo é contribuir para a igualdade de direitos e o exercício da cidadania das mulheres, possibilitando maior conhecimento sobre os direitos das mulheres e os mecanismos de sua efetivação, as lutas feministas, as leis que garantem direitos a mulher, especialmente sobre a “Lei Maria da Penha”.

A proposta busca oferecer às mulheres condições para superar as situações de discriminação e desigualdade vividas no cotidiano, formando-as para reconhecerem a ocorrência de violações e enfrentar esses problemas. É um projeto que traz no seu bojo traços dos ideais de justiça, democracia e dignidade, a defesa dos direitos humanos e a construção de relações igualitárias e justas. Tem possibilitado a criação de novos espaços de união e articulação que abrem caminhos e rompem barreiras contra a discriminação e a opressão. As Promotoras Legais Populares são aquelas que podem orientar, dar um conselho e promover a função instrumental do direito na vida do dia a dia das mulheres.

Cada encontro do curso contará com facilitadoras de movimentos feministas e populares, profissionais da área do direito, da saúde, da comunicação, assistentes sociais, etc.

Quem pode participar?
O curso é organizado apenas por mulheres e para mulheres do meio popular, trabalhadoras, de movimentos e organizações sociais e sindicais e de comunidades tradicionais, de qualquer idade.
Não há qualquer tipo de custo.

Como se inscrever?
Entregar a ficha de inscrição (em anexo) devidamente preenchida para uma das coordenadoras do projeto, enviá-la para o e-mail [email protected] ou deixá-la na Secretaria do Núcleo de Prática Jurídica da UFPR (NPJ) no prédio histórico da praça Santos Andrade.
As inscrições vão até dia 21 de abril.

Vagas
Infelizmente dispomos de apenas 60 vagas. Por conta dessa limitação, as vagas serão prioritariamente destinadas a mulheres organizadas no meio popular, nos sindicatos e em movimentos sociais, público-alvo do projeto. A seleção se dará com base nos dados fornecidos na ficha de inscrição. Entraremos em contato com as selecionadas até dia 28 de abril.
Ressaltamos a todas as interessadas a importância do comprometimento com o projeto. Se você é selecionada e deixa de comparecer, está vaga poderia ser destinada a outra mulher que pode ter muita vontade e disponibilidade para participar.

Quando?
Os encontros são semanais e acontecem todas as segundas-feiras das 18h30 às 21h.
Serão 21 encontros de 05 de maio a 

29 de setembro.

Onde?
No prédio Histórico da UFPR na praça Santos Andrade – sala 201 da psicologia

Cronograma

Mulher, História e Ideologia
1. 05/05 – Apresentação do projeto
2. 12/05 – Educação Popular Feminista
3. 19/05 – A Construção dos papéis sociais da mulher e do homem na sociedade
4. 26/05 – O sistema capitalista e a divisão sexual do trabalho
5. 02/06 – A história do movimento feminista e o feminismo no Brasil: as lutas históricas das mulheres brasileiras
6. 09/06 – Mulher, mídia e representação cultural

Para entender a sociedade
7. 16/06 – Relações Raciais
8. 23/06 – A Mulher Negra
9. 30/06 – Políticas para mulheres e mulheres na política
10. 07/07 – Laicidade do Estado e Religião

Para entender o Direito
11. 14/07 – Os direitos da Mulher Trabalhadora
12. 21/07 – Direito à Cidade e à

Moradia Digna

13. 28/07 – Direito das Famílias, da criança e do adolescente
14. 04/08 – Mulher, polícia e prisão

Violência contra a mulher
15. 11/08 – Para entender a violência contra a Mulher
16. 18/08 – Uma conquista das Mulheres: a Lei Maria da Penha e os desafios de sua aplicação

Saúde e sexualidade
17. 25/08 – Saúde da Mulher
18. 01/09 – Sexualidade e reapropriação do corpo pela mulher
19. 15/09 – Direitos reprodutivos e aborto
20. 22/09 – Diversidade sexual
21.29/09 – Avaliação do curso

Em anexo o folder da programação e a ficha de inscrição.

Maores informações:

http://plpscuritiba.wordpress.com/ ouhttps://www.facebook.com/plpscuritiba

Att,

Coordenação do Curso de Promotoras Legais Populares de Curitiba.