.:. Informativo nº 87 :: 21 de Janeiro / 2015 .:.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

 

 

.:. Informativo nº 87 :: 21 de Janeiro / 2015 .:.


 

Entrevista: Representante da Fisenge no Conselho das Cidades comenta os desafios e gargalos das políticas urbanas

 

 

O presidente do Sindicato dos Engenheiros da Bahia (Senge-BA) e representante da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge) no Conselho Nacional das Cidades, Ubiratan Félix comenta a sanção do Estatuto da Metrópole, avalia as atuais políticas públicas e aponta a reforma política como estruturante para o avanço da sociedade brasileira. Entre os principais fatos da conjuntura das políticas urbanas estão a indicação de Gilberto Kassab ao Ministério das Cidades (MinCidades), a luta pela reforma urbana e a necessária reforma política.

Confira a entrevista completa AQUI

 


 

Nota unificada das Centrais Sindicais: Em defesa dos direitos e do emprego

 

Em reunião realizada no dia 13/1, as principais centrais sindicais do país decidiram ocupar as ruas em defesa dos direitos dos trabalhadores. Houve consenso de que as medidas baixadas pelo governo Dilma em 29 de dezembro, em pleno clima de festas do final do ano, são erradas na forma e no conteúdo. Com base no discurso do “ajuste fiscal”, tão festejado pelos patrões e pela sua mídia, elas prejudicam os assalariados. As centrais exigem a revogação das medidas provisórias e cobram da presidenta reeleita os compromissos assumidos na campanha eleitoral com a “pauta trabalhista”. Elas aprovaram uma carta aberta e um intenso calendário de mobilizações para os próximos meses. A primeira atividade conjunta – o “Dia Nacional de Luta em Defesa dos Empregos e dos Direitos” – está marcada para 28 de janeiro. Em todo o país deverão ocorrer paralisações, atos e assembleias. Já a nova “Marcha da Classe Trabalhadora” ficou para 26 de fevereiro, em São Paulo. Para Carmen Foro, presidente em exercício da CUT, o governo sofre violenta pressão do patronato. “Ele tende a fazer o ajuste na economia à custa dos trabalhadores. Não permitiremos nenhum direito a menos, como disse a presidenta Dilma no discurso de posse. Queremos que esse discurso agora se viabilize”. Ela espera que o governo retome o diálogo com o sindicalismo.

 

 

Leia mais AQUI

 


 

Senge-ES: Nova diretoria toma posse dia 28/1

 

Eleita para o mandato 2015/2017, a nova diretoria do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Espírito Santo (Senge-ES) irá tomar posse no dia 28/1, com solenidade no Cerimonial Espaço Verde. O presidente da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge), Clovis Nascimento estará presente na cerimônia. “Saudamos a eleição da nova diretoria e nos colocamos à disposição para contribuir na luta dos engenheiros e das engenheiras no Espírito Santo”, afirmou Clovis. O mandato é presidido pelo engenheiro eletricista, Ary Medina Sobrinho. De acordo com Ary, esta nova diretoria tem o objetivo de fortalecer a organização interna do sindicato. “Queremos mostrar aos associados um Senge forte e trazer a categoria para o Senge, além de fortalecer a luta pelo Salário Mínimo Profissional, que é o nosso carro chefe”, disse Ary.

 


 

SEA-RN inicia ciclo de diálogo com instituições na capital e interior

 

 

 

A diretoria do Sindicato dos Engenheiros Agrônomos do Rio Grande do Norte (SEA-RN) participou, no dia 20/1, de reunião com o novo Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (SAPE), Haroldo Abuana Osório. De acordo com o presidente do SEA-RN, Joseraldo do Vale o objetivo do encontro foi apresentar uma pauta de valorização dos profissionais e de ampliação de políticas públicas para o estado. “Estamos fazendo articulações com as instituições e organizações da capital e do interior, de modo a construir uma pauta conjunta com os engenheiros agrônomos e reivindicar espaços em Conselhos e Câmaras Técnicas”, afirmou Joseraldo. Também participaram do encontro o vice-presidente do SEA-RN, Alexandre Amaral; o engenheiro agrônomo e coordenador de agropecuária, Antônio Carlos Magalhães; e o engenheiro agrônomo Manoel Neto.

 


 

Senge-PR debate segurança hídrica em revista

 

 

 

O esvaziamento do Sistema Cantareira, que abastece 9 milhões de pessoas na Região Metropolitana de São Paulo acendeu a luz de alerta nos estados vizinhos sobre a necessidade da Segurança Hídrica. No Paraná, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), definiu pela criação de um grupo de trabalho multidisciplinar, com a participação do Senge-PR e demais entidades de engenharia e de recursos hídricos, para a produção de plano estratégico para a área.Por outro lado, há anos a Comunidade Científica vem alertando sobre riscos da falta de planejamento para o setor, apresentando sugestões aos governos e à sociedade organizada tendo a segurança hídrica como uma das pautas para a sustentabilidade. O documento “Segurança Hídrica para um Planeta Sob Pressão – Transição para a sustentabilidade: desafios interligados e soluções”, levado à Rio + 20, e produzido com a participação de cientistas brasileiros, é um exemplo da atuação da Comunidade Científica para a área. Confira na terceira edição da Revista Diferencial, publicação do Senge-PR, reportagem sobre a criação do grupo organizado pela Sema e uma entrevista com Dr. Fabiano Scarpa, pesquisador do Centro de Ciências do Sistema Terrestre/INPE e responsável pela revisão científica do documento apresentado à Rio + 20.A nova edição da publicação do Senge-PR traz também outros temas, como a decisão do Tribunal Regional Federal de que os trabalhos de assistência e responsabilidade técnica de empresas de comercialização e armazenamento de agrotóxicos só podem ser feitos por engenheiros agrônomos.

 

 

Leia AQUI

 


 

Senge-MG: Sindicatos cobram da diretoria da SLU explicações sobre redução salarial

 

O Senge – MG, o Sinarq- MG e servidores da SLU se reuniram nesta terça-feira, 13 de janeiro, com a diretoria da SLU para obter esclarecimentos sobre a redução dos salários dos trabalhadores que recebem o Salário Mínimo Profissional (SMP), neste mês de janeiro. Esta medida é ilegal, tendo em vista que descumpre ordem judicial de pagamento do SMP. De acordo com o diretor administrativo/financeiro da SLU, Rodrigo Fortes, a resolução foi tomada com base em uma interpretação jurídica na qual não se deve vincular o salário profissional ao salário mínimo. Contudo, segundo o Departamento Jurídico do Senge- MG, não há margem para esta nova interpretação, que já foi discutida em todos os processos e rechaçada pelos Juízes e Tribunais, que determinaram o pagamento do SMP. O Senge- MG e o Sinarq- MG vão protocolar um ofício com parecer jurídico elaborado pelas entidades na tentativa de resolver o problema pelas vias administrativas, o que não impede o andamento das medidas já tomadas pelos sindicatos, como ajuizamento de um mandado de segurança e mediação pelo Ministério Público do Trabalho, além da elaboração de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC).

 


 

Senge-PB irá eleger representantes junto ao Crea-PB

 

Acontecerá, no dia 28/1, o processo eleitoral para Conselheiros Representantes do Sindicato dos Engenheiros no Estado da Paraíba (Senge-PB) junto ao Crea-PB. Concorrem as seguintes modalidades: engenharia civil; mecânica/metalurgia; engenharia elétrica. As inscrições foram encerradas no dia 16/1.

 

 


 

Senge Jovem de Pernambuco abre inscrições para cursos

 

 

O Senge Jovem de Pernambuco promoveu, entre os meses de outubro e dezembro, curso de AutoCad 2D para estudantes de engenharia, de diferentes universidades, períodos e modalidades. O curso foi dividido em 6 sábados.Para o ano de 2015, o Senge Jovem pretende formar outras turmas de estudantes interessados em compreender a ferramenta, tão utilizada entre estudantes e profissionais na engenharia.J á estão abertas as inscrições para a próxima turma, que acontecerá entre os dias 28/02 e 04/04, também aos sábados (turno a definir junto aos interessados). O AutoCad tem sido uma grande ajuda para os engenheiros que estão descobrindo que é impossível lidar com perfeição com desenhos e projetos sem o uso do computador. É uma ferramenta que ajuda nas definições e correta compreensão com conjunto de uma obra, tornando-se imprescindível para apresentação do projeto ao cliente. Serão disponibilizadas 20 vagas. Informações e inscrições poderão ser feitas por e-mail ([email protected]) ou por telefone (81-97711661).