Engenheiras lembram ato discriminatório durante estágio

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

A discriminação não tem tempo, nem hora. E foi ainda na faculdade, que as engenheiras Eugênia e Ruth se depararam com o machismo.Elas conseguiram uma vaga no mesmo estágio de topografia e a diferença apareceu no salário das duas comparado a de um colega homem. Foi nesse momento que as duas iniciaram a militância por igualdade de direitos e oportunidades.Os quadrinhos têm periodicidade mensal. Contribua você também e ajude a divulgar! As contribuições poderão ser enviadas diretamente para o e-mail da engenheira Eugênia: [email protected] ou para [email protected]