Sexta, 09 Janeiro 2015 11:09

Senge-ES lança nova edição de jornal

Texto enviado pela empresa tem os mesmos pontos do Acordo Coletivo de 2012

Foi aprovada em assembleia realizada nesta terça-feira (20), a pauta específica dos funcionários da Eletronuclear. O texto apresentando pela empresa possui os mesmos pontos da pauta específica de 2012. No entanto, como a pauta nacional, o acordo terá validade de dois anos.

De acordo com o diretor de negociações coletivas do Senge-RJ, Gunter de Moura Angelkorte, durante a reunião realizada com a Eletronuclear nesta segunda-feira (19), os dirigentes sindicais questionaram a empresa de que forma os dias de greve em 2012 seriam devolvidos.

Havia sido decidido que os trabalhadores iriam compensar apenas 50% dos dias parados no ano passado. No entanto, o grupo Eletrobras exigiu que os empregados compensassem 100% dos dias de greve.

Durante a negociação coletiva deste ano, ficou decido que 50% dos dias parados em 2012 seriam abonados. Caso o trabalhador já tenha compensado a outra metade, as horas excedentes seriam colocadas no banco de horas.

Em relação aos dias parados em 2013, ficou acordado que serão compensados cinco dias da jornada de trabalho. O restante será abonado. No entanto, os trabalhadores ficaram em dúvida de como essa compensação será realizada, tendo em vista os trabalhadores que estavam de férias, de licença ou foram colocados na lista de essenciais durante o período de greve.

A pauta nacional do setor elétrico para 2013-2015 foi aprovada no dia 8 de agosto, em assembleias realizadas em todo o Brasil. No Rio de Janeiro, a reunião aconteceu no Clube de Engenharia e reuniu mais de 600 trabalhadores. Saiba mais aqui.

Fonte: Senge-RJ