O Sindicato dos Engenheiros da Bahia (Senge-BA) ganhou na Justiça o cumprimento do Salário Mínimo Profissional (SMP) para engenheiros da empresa Engevix. O processo que tramita desde 2013 chegou até a última instância no Tribunal Superior do Trabalho (TST). O engenheiro e presidente do Senge-BA, Ubiratan Félix, comemora a decisão e reforça: “Esta ação é fruto de um trabalho de valorização profissional que o sindicato tem feito por todo o estado em defesa dos direitos e do cumprimento do Salário Mínimo Profissional dos engenheiros. Temos atuado também nas prefeituras, principalmente nos editais de concursos públicos que descumprem a lei”.

De acordo com o advogado trabalhista, Pedro Ferreira, os engenheiros têm o direito de receber o retroativo de 2009 até os dias de hoje. “É uma vitória significativa para os engenheiros da Bahia. Atuamos desde 2010, em conjunto com o Senge-BA, na luta pelo cumprimento da lei 4.950-A que estabelece o Salário Mínimo Profissional”, disse o advogado destacando que o momento agora é de localizar os profissionais no estado.

Para terem acesso ao valor, os engenheiros e as engenheiras que já trabalharam e ainda trabalham na Engevix precisam comparecer na sede do Sindicato dos Engenheiros da Bahia, localizada na Rua Alexandre Gusmão 04, Rio Vermelho, Salvador, no dia 19 de junho, às 18 horas, para se habilitarem a receber valores relativos ação trabalhista referente ao Salário Mínimo Profissional com os respectivos documentos comprobatórios. Mais informações: (71) 3335-0510 e (71) 98122-6827 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Texto: Camila Marins/Fisenge

 

Senge-BA conquista Salário Mínimo Profissional para engenheiros da Engevix

Publicado em Notícias

Entre os dias 24 e 26 de abril, o Senge-BA realiza um curso sobre técnicas de recuperação de estruturas de concreto, abordando aspectos de projeto e de execução. O instrutor será o engenheiro Adriano Silva Fortes, mestre em Engenharia de Estruturas (UFSC) e doutor em Engenharia Civil (UFSC/Universidade de Minho – Portugal), professor do IFBA e da Escola de Engenharia da UNINASSAU.

O curso é voltado para  profissionais e estudantes de Engenharia e Arquitetura, Técnicos em Edificações e Tecnólogos em Construção Civil que atuem nas áreas de projeto e execução de obras.

PRINT

Fonte: Senge-BA

Publicado em Notícias
Segunda, 04 Fevereiro 2019 17:27

Senge-BA realiza Feijoada dos Engenheiros

No dia 02 de fevereiro, data da tradicional festa de Iemanjá, o Senge-BA recebeu em sua sede engenheiros e engenheiras associados/as, familiares e amigos, representantes de outras entidades e parlamentares para a Feijoada dos Engenheiros. O evento contou com a apresentação musical da banda Irmãos Andrade. 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, chapéu, atividades ao ar livre e close-up

 

Fonte: Senge Bahia / Fotos: Arquivo Senge Bahia

Publicado em Notícias

O Sindicato dos Engenheiros da Bahia expressa seu profundo pesar pelo falecimento de Guilherme Requião Radel, engenheiro, escritor e professor aposentado da Escola Politécnica da UFBA. 

Nascido em Salvador, em, 1930, Radel se formou engenheiro civil na Escola Politécnica, onde mais tarde atuou como docente. Foi fundador e primeiro presidente do Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia – Apub. 

Também conhecido por suas obras literárias, ocupava a cadeira de número 3 da Academia de Letras da Bahia.

O velório será hoje (11) na sala da Congregação da Escola Politécnica a partir das 18h; o sepultamento é amanhã (12), às 11h, no cemitério Jardim da Saudade.

Senge-BA lamenta o falecimento do engenheiro e professor Guilherme Radel

 

Fonte: Senge-BA

 

Publicado em Notícias

por Comunicação Fisenge

Reeleito para o próximo mandato ao governo do estado da Bahia, Rui Costa anunciou polêmicas medidas de austeridade fiscal. Entre elas, o fechamento de empresas estaduais e o aumento da alíquota previdenciária de servidores de 12% para 14%. De acordo com o engenheiro e diretor do Sindicato dos Engenheiros da Bahia (Senge-BA), Allan Hayama, estas medidas afetam diretamente a categoria e o desenvolvimento da engenharia baiana. “A especulação de fechamento de empresas envolve nomes como a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (CERB), a Bahia Pesca e a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder)
e a Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM). É totalmente equivocada essa política de austeridade fiscal, que afeta o desenvolvimento tecnológico do estado e a geração de emprego e renda”, afirmou. Após o anúncio na imprensa, o Senge-BA ao lado de outras entidades como o Sindipec (Sindicato dos Empregados em Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas da Bahia), ABEM (Associação dos Engenheiros de Minas) e ABG (Associação Baiana dos Geólogos) se reuniram e protocolaram um pedido de esclarecimentos ao governo do estado.


Dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico apontam que a Bahia é o terceiro maior produtor de gemas e metais preciosos do país. Em 2017, sua produção mineral comercializada foi de R$ 2,6 bilhões, o equivalente a 1,4% do PIB baiano e o setor gera 15 mil empregos diretos. Além disso, a Bahia é um dos estados referência em produção de minerais especiais, como cobre, cromo, magnesita, urânio, granito azul bahia, azul macaúbas. “Privatizar ou extinguir essas empresas é um atentado à engenharia, à soberania nacional e ao povo baiano. Estas empresas significam uma grande fatia do desenvolvimento econômico e social do estado”, disse Allan, que está se reunindo com as entidades em um comitê de defesa das empresas estaduais. “Um dos nossos objetivos é que seja aberto um diálogo com a sociedade, que precisa participar dessas decisões”, acrescentou.


A assessoria de imprensa do governo do estado não respondeu aos contatos até o final desta edição.

Na Bahia, governador especula reforma administrativa com fechamento de empresas estaduais

 

 

Publicado em Notícias

Dia 13 de novembro acontece a 4ª sessão do Fórum Futuro em Debate

A 4ª e última sessão do primeiro fórum do Futuro em Debate será no dia 13 de novembro, terça-feira, às 18h, no auditório do Senai Cimatec (Av. Orlando Gomes, Piatã), e contará com a presença do Presidente do Confea e Engenheiro Civil Joel Krüger, o Almirante e Engenheiro Naval Alan Paes Leme Arthou e o Presidente do Senge-BA e Engenheiro Civil Ubiratan Félix. O tema abordado nessa sessão será “A atuação da engenharia nas estratégias nacionais”. Não perca essa oportunidade de debater sobre um assunto tão atual e importante para o futuro do nosso país.

Maiores informações e inscrições no site:
www.futuroemdebatecreaba.com.br

 

Fonte: Senge-BA

 

Publicado em Notícias

No dia 29 de setembro (sábado) o Sindicato dos Engenheiros da Bahia promoveu uma série de atividades em sua sede para comemorar seus 81 anos de fundação. Participaram engenheiros e engenheiras com familiares, amigos/as, representantes de outras entidades, parlamentares e apoiadores/as.

Sindicato comemora 81 anos com debate sobre mobilidade, lançamento de livro e caruru

O primeiro evento foi uma roda de conversa sobre a questão da Mobilidade Urbana em Salvador. Foram convidados/as  a vice-presente da FNA, Eleonora Mascia, a deputada estadual Maria Del Carmem, presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa da Bahia, o professor da Universidade Federal da Bahia José Lázaro de Carvalho Santos e a coordenadora da UMP-BA, Marli Carrara. O debate abordou a expansão de metrô de Salvador, as contradições do projeto do BRT e as dificuldades de desenvolver a pauta das pessoas com deficiência e seu direito à cidade.

IMG_1704site

Em seguida, houve o lançamento do livro “Energia e Petrolíferas Globais: Transformações e Crise”,  uma publicação do Ineep – Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Zé Eduardo Dutra. Um dos organizadores da obra e diretor técnico do Ineep, Willian Nozak, esteve presente e explanou brevemente sobre os principais pontos abordados pelo livro e seu objetivo de servir como subsídio ao debate sobre as mudanças no setor energético e petrolífero brasileiros. O livro foi distribuído gratuitamente durante o evento e também está disponível para download através do site do Ineep. Ainda durante o lançamento, que foi organizado pelo Senge em parceria com o Sindipetro-BA, dirigentes dos dois sindicatos alertaram para a centralidade do debate energético para o desenvolvimento nacional, especialmente no momento das eleições.

A tarde se encerrou com um caruru e apresentação musical da banda Irmãos Andrade.

IMG_1795site

Veja mais fotos

Fonte: Senge-BA

Publicado em Notícias

No dia 29 de setembro, às 11h, ocorrerá uma roda de conversa sobre mobilidade urbana, no Espaço Engenheiro Eletricista Orlando Miranda, sede do Sindicato dos Engenheiros da Bahia (Senge-BA). O evento, promovido pelo Movimento Nacional pelo Direito ao Transporte Público de Qualidade para Todos (MDT), pela Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros(FISENGE), Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA), SENGE -BA e Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas da Bahia (SINARQ), com o apoio do Senge Estudante, terá a participação de Ubiratan Félix, presidente do Senge-BA e vice-presidente da Fisenge e contará com o lançamento do Manifesto “A cidade sem carro”.

Confira a programação:

Abertura: 11h00 às 11h20 

Eleonora Lisboa Mascia - Vice Presidente da FNA

Ubiratan Félix - Presidente do SENGE -BA

Marli Carrara - União Nacional de Moradia Popular

Mobilidade Urbana em Salvador - 11h20 às 12h30

Professor Lázaro da Escola Politécnica da UFBA

Engenheiro Ubiratan Félix - IFBA

Engenheira Maria Del Carmem - Comissão de Desenvolvimento urbano Alba

Debate com Público: 12h30 às 13h30 

13:35 - Lançamento do Manifesto a cidade sem carro

13:40- Confraternização

Endereço:  Espaço Engenheiro Eletricista Orlando Miranda - Sede do Sindicato dos Engenheiros da Bahia - Rua Alexandre Gusmão 04 - Rio Vermelho - Salvador - BA

 

Senge-BA promove roda de conversa sobre mobilidade urbana

 

 

Publicado em Notícias
Quarta, 29 Agosto 2018 16:57

Senge-BA participa de Congresso da Apub

Senge-BA participa de Congresso da Apub

O diretor do Senge-BA, Allan Hayama participou do I Congresso Docente da Apub (Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia), realizado entre 22 e 25 de agosto. Ele esteve no  Grupo de Trabalho de Ciência e Tecnologia para falar sobre os objetivos da Plataforma Operária e Camponesa de Água e Energia, organização que congrega mais de 80 entidades entre sindicatos e movimentos sociais e propõe o debate sobre os usos dos recursos naturais do Brasil. “O nosso foco principal é, além de fazer o curso de formação de formadores, é dialogar com a população, especialmente os jovens”, disse na ocasião.

Para Allan, a participação do Senge no debate com outras categorias é fundamental para construir alternativas à crise: “para discutir a soberania, ciência e tecnologia e a própria universidade, é importante a gente fazer esse debate junto com os docentes da universidade. E o Congresso é representativo nesse sentido”, afirmou.

 

FONTE: Senge-BA

Publicado em Notícias

O Sindicato dos Engenheiros da Bahia foi condenado pela justiça eleitoral por colocar quatro outdoors na cidade de de Paulo Afonso (BA). O conteúdo das mídias era uma campanha contra a privatização da Chesf/Eletrobrás, esclarecendo o posicionamento favorável do relator ao Projeto de Lei que permitia a privatização tanto da Chesf quanto da Petrobrás. Essa denúncia foi considerada pelo TRE como "propaganda eleitoral" e, por isso, o sindicato foi multado em R$ 10.000,00. O Senge-BA reafirma seu compromisso na luta contra o desmonte do patrimônio do povo brasileiro e por um projeto de país soberano.

Senge-BA mobiliza campanha de solidariedade para pagamento de multa do TRE

Publicado em Notícias
Página 1 de 7