Quarta, 17 Abril 2019 12:30

Crea-PR garante a reposição da inflação nos benefícios e Senge-PR convocará assembleia

Conselho deve encaminhar proposta por escrito para avaliação dos engenheiros.

Nenhuma descrição de foto disponível.

O SengePR e o Sindifisc-PR se reuniram com o CREA Paraná pela terceira vez para debater o Acordo Coletivo de Trabalho com vigência até 31 de março de 2020. Nesse encontro foram discutidas cláusulas financeiras, licenças para tratamento de saúde, descanso remunerado, entre outros. O debate foi marcado pela garantia de alguns direitos, a defesa de cláusulas que o Conselho pretende remover. Vencida essa etapa, o CREA deve formalizar uma proposta para ser submetida em assembleia da categoria nos próximos dias. Uma nova rodada de negociação deve ocorrer até o fim do mês de abril.

Durante as negociações ficou garantida a reposição da inflação para os salários.

A cláusula que garante o anuênio até o fim do ano de 2019 ainda segue sendo debatida. O CREA quer o congelamento “do valor equivalente a 1% (um por cento) sobre a remuneração fixa mensal do integrante da categoria profissional a título de ATS”, conforme a cláusula décima primeira do acordo vigente. O SengePR e o Sindifisc-PR insistem na manutenção do direito ou então na substituição por outro benefício.

Também segue sendo discutido o artigo 473 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) que trata da ausências legais.

ASSEMBLEIA
Ainda nesta semana o CREA-PR encaminhará aos sindicatos sua contra proposta formal já com definição de valores financeiros. Assim que chegar essa proposta será convocada uma nova assembleia dos funcionários para discussão e votação da mesma. A intenção é que o posicionamento seja levado a uma nova reunião que deve ocorrer no dia 29 ou 30 de abril. Enquanto isso, o acordo coletivo de trabalho 2018/2019 segue vigorando.

REPRESENTAÇÕES
O Senge foi representado pelo pelo diretor da entidade e funcionário do CREA, Ricardo Marafrão, e pelo advogado Guilherme Silva Bednarczuk. Pelo SindifiscPR participou o presidente Antônio Marsengo. A representação do CREA teve o 2º Vice-presidente, José Fernando Garla, e o chefe de Recursos Humanos, Ricardo Bittencourt.

Clique aqui e confira a pauta de reivindicações

Fonte: Senge-PR