Quarta, 25 Julho 2018 15:56

Oficina vai debater nova lei de Zoneamento de Curitiba

A oficina será realizada no auditório do Senge, das 9h às 18h, neste sábado (28)

37694211_2232188613462811_8573109972445954048_n

Desde 2016, o Instituto de Pesquisa e Planejamento de Curitiba (IPPUC) tem discutido a proposta de Lei de Zoneamento de Curitiba. Contudo, a discussão dessa importante lei que define como será o desenvolvimento de determinadas áreas da cidade não pode ficar apenas entre técnicos (ou empresários, como denúncias recentes revelam).

Ela deve ser também discutida por quem vive a cidade, a partir de um processo de planejamento participativo, afinal, alterações que definem como, quando e onde construir ou, ainda, a criação de zonas especiais de interesse social que visam a habitação popular são de interesse de toda a população.

É por isso que a Frente Mobiliza Curitiba, uma articulação de movimentos, entidades e organizações que debatem o direito à cidade, realiza no dia 28 de julho a ‘Oficina Refletir e Agir: Propostas para um novo Zoneamento’. A atividade tem como proposta trazer mais elementos para o entendimento dessa lei e, a partir disso, criar estratégias para o enfrentamento a um processo nada amplo ou participativo, com a geração de propostas que garantam uma Lei de Zoneamento voltada aos interesses da população, e não apenas ao mercado imobiliário.

A oficina será realizada no Sindicato dos Engenheiros do Paraná, das 9h às 18h do dia 28 de julho.

:: Acompanhe as novidades pelo evento no facebook

:: Inscrições podem ser feitas aqui

 

FONTE: SENGE PR / Escrito por Frente Mobiliza Curitiba

Mídia