Segunda, 11 Junho 2018 16:08

Senge-PE também adere à paralisação contra a privatização da Eletrobras

Em assembleia, os engenheiros de Pernambuco rejeitaram a proposta da Eletrobras de recomposição de 70% do INPC nessa manhã (11/06). Diante da recusa do governo, os trabalhadores decidiram manter a paralisação de 72 horas contra a privatização do setor elétrico.

"Esse é um governo rejeitado pela população e com uma política voltada para entrega do patrimônio público. Cabe à classe trabalhadora a defesa da soberania energética, econômica e política do país", afirmou o engenheiro e diretor do Sindicato dos Engenheiros de Pernambuco, Mailson da Silva Neto.

Senge-PE também adere à paralisação contra a privatização da Eletrobras

Os serviços essenciais serão mantidos, na forma da Lei 7.783/1989.

Mídia