Quarta, 08 Novembro 2017 15:38

Sindicato dos Engenheiros do Estado de Rondônia completa 32 anos de atuação

O Sindicato dos Engenheiros do Estado de Rondônia (Senge-RO), fundado em 1985, filiado à Federação Interestadual dos Sindicatos de Engenheiros (Fisenge) e à Central Única de Trabalhadores (CUT), completa 32 anos nesta quarta-feira (8).
Reuniram-se os seus dirigentes e associados em ambiente de confraternização, na sede da entidade, em Porto Velho, para comemorar essa data especial.

O presidente, engenheiro Cunha resume a atuação da entidade: “Neste período de lutas, o Sindicato jamais se afastou dos ideais que motivaram a sua criação: a defesa e a representação da categoria profissional do Sistema Confea/Crea”.

Segundo ele, essa postura garantiu a melhoria das condições de vida e de trabalho de seus representados.

“Na verdade, o nosso Senge começou antes da obtenção do seu registro legal, com a carta sindical concedida pelo Ministério do Trabalho; ele tem história em defesa dos direitos e condições de trabalho dos profissionais da engenharia”.

Anteriormente, os profissionais da classe reuniram-se em torno da Associação dos Engenheiros de Rondônia (Aero), criada em 16 de junho de 1979.

Cunha lembra e homenageia os primeiros presidentes da Aero: engenheiros Luiz Gonzaga Farias Ferreira (falecido), que também foi prefeito nomeado de Porto Velho durante o governo territorial do coronel Humberto da Silva Guedes; Carlos Hermínio Pamplona (eleito para gestão 1982-1983) e Ezequiel Borges S. Neto também já falecido (gestão 1984-1985), que ajudou significativamente a jornada desafiadora do primeiro presidente do Senge-RO, engenheiro Josias Gomes da Silva, substituído pelo diretor social, Engenheiro Antônio de Almeida Sobrinho, em 1987.

“Ao longo dessa caminhada, destacados engenheiros tornaram a entidade forte e combativa na defesa dos direitos dos profissionais como a conhecemos hoje”, assinala Cunha. São eles: Petrônio Ferreira Soares, Elias Campelo Alexandre, Jarbas Gonçalves Barbosa, Ubiratan Francisco Pereira da Silva (dois mandatos), Gina Silva O. Mota, José Ezequiel Ramos (três mandatos), João Francisco dos Anjos, Geraldo Sena Neto, Jorge Luiz da Silva Alves, Inaldo de Melo Gomes, Valdemir Aparecido Pires e Edison Rigoli Gonçalves.

Cunha, recebeu do Engenheiro Edison Rigoli Gonçalves o comando da entidade no início do segundo semestre de 2017. A proposta da diretoria, para que o exercício da gestão 2016/2018 fosse realizada de forma compartilhada está em plena execução.

No segundo semestre de 2018, o Engenheiro Geraldo Sena assumirá o cargo de presidente no terceiro ano do atual mandato, fechando o triunvirato.

“Não é apenas força de expressão afirmar que o Senge-RO fortaleceu a engenharia. Ao longo de sua existência, nossa entidade cedeu quatro membros de seu quadro para dirigir a mais importante instituição da engenharia no Estado de Rondônia. Pela ordem, os engenheiros Petrônio Ferreira Soares, Ubiratan Francisco Pereira da Silva, Geraldo Sena Neto e João Francisco dos Anjos foram presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Rondônia (Crea-RO). Os três primeiros, por mais de um mandato”.

Fonte: Rondônia Agora

Sindicato dos Engenheiros do Estado de Rondônia completa 32 anos de atuação