Terça, 01 Julho 2014 00:00

Seagro-SC lança campanha SOS Agricultura

O Sindicato dos Engenheiros Agrônomos de Santa Catarina – SEAGRO-SC, entidade que representa mais de cinco mil engenheiros agrônomos no Estado e esta negociando desde abril questões trabalhistas e salariais provenientes de seu acordo coletivo com data base em primeiro de maio, lança a partir de hoje, 01/07, uma campanha publicitária (S.O.S. Agricultura), com base em spots de rádio e outdoor em defesa agropecuária, iniciando pela região da Grande Florianópolis. O protesto é pela falta de apoio e desestruturação da pesquisa, à extensão rural e defesa sanitária do agronegócio catarinense, atividade que representa 1/3 do PIB e 62% das exportações brasileiras, com forte participação da agricultura familiar.

 

Em reunião hoje pela manhã no gabinete do secretario da Agricultura, Airton Spies, este novamente foi reticente e pouca coisa avançou nas negociações, engenheiros agrônomos e médicos veterinários continuam pedindo mais atenção do Governo ao serviço público agrícola catarinense, responsável pelo patamar de excelência alcançado nas últimas décadas pelo setor agropecuário. Reclamam de sucessivos planos de demissão incentivada sem a devida reposição, causando esvaziamento dos quadros de fiscalização da Cidasc, colocando em risco o status de único estado livre da febre aftosa sem vacinação, e agora ameaçam a estrutura de pesquisa e extensão rural da Epagri.

 

Outro ponto defendido pelo SEAGRO e que até nem entra nas negociações, mas que julga importante ser respeitado, é uma gestão mais técnica e menos política nas empresas públicas, focada na ciência e na tecnologia, tudo para evitar um apagão tecnológico nos próximos anos.

 

Para o presidente do SEAGRO, Wladimir Gazoni com essa campanha pretendemos fazer um alerta para os políticos e para a sociedade sobre os riscos que correm a economia do estado e a segurança alimentar dos catarinenses.

Fonte: Seagro-SC