Imprimir esta página
Quarta, 30 Abril 2014 00:00

Milhares de Agricultores Familiares se mobilizaram no sul do país

Agricultores e agricultoras reivindicam ao governo federal a garantia de créditos para habitação rural
 
Novamente agricultores e agricultoras familiares de todas as regiões de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul foram às ruas nesta terça-feira, 29 de abril, em busca de melhores condições de vida e políticas públicas para o meio rural.
 
O objetivo das mobilizações que aconteceram nas superintendências da Caixa Econômica Federal foi solicitar ao governo Federal a liberação de recursos para os projetos de habitação rural pendentes junto aos agentes financeiros e recursos para novas contratações.
 
A principal reivindicação dos agricultores familiares é a liberação de recursos para contratação de novos projetos do Programa Nacional de Habitação Rural e pagamento dos contratos já assinados pelos agricultores familiares.  “Reconhecemos que o governo Federal criou um programa de habitação que beneficiou milhares de brasileiros, porém, no orçamento previsto para 2014 não há recurso suficiente para contratar os projetos que já aguardam liberação nos agentes financeiros. Queremos essa garantia e também que mais recursos sejam disponibilizados para a habitação rural”, salientou o coordenador da Cooperhaf em Santa Catarina, Jandir Selzler.
 
Enquanto as manifestações aconteciam em diversas cidades e Estados, uma comitiva foi recebida em Brasília pelo Grupo de Trabalho da Habitação em uma reunião convocada pelo Ministério das Cidades. Segundo a presidente da Cooperhaf, Liane Kothe, que acompanhou a atividade em Brasília, o governo Federal recebeu a pauta e avaliou as questões solicitadas. Uma nova audiência foi marcada para esta quarta-feira, 30, em Brasília, com a secretaria Geral da Presidência, Secretaria de Relações Institucionais, Ministério do Planejamento, Cooperhaf e FETRAF-SUL/CUT para tratar do assunto. A presidente Dilma Rousseff que participou de um evento na Bahia, também recebeu a pauta de reivindicações da habitação rural.
 
As mobilizações aconteceram nos municípios de Chapecó e Criciúma em Santa Catarina, Ponta Grossa e Cascavel no Paraná, em Três Passos, Pelotas, Caxias do Sul e Passo Fundo no Rio Grande do Sul e em dez outros Estados brasileiros reunindo milhares de pessoas.

Escrito por: FETRAF-SUL/CUT